Featured Posts

Topo
14 jun 2023

Body positive: conheça tudo sobre este movimento libertador

Imagens de mulheres com diferentes formatos de corpo e tons de pele

Como está a sua autoestima por aí? Você aceita o seu corpo? Sente que está nos padrões da beleza? Provavelmente, as suas respostas não foram tão positivas. Mas isso, infelizmente, é normal.

Vivemos em uma sociedade que possui padrões praticamente impossíveis de serem alcançados, ou seja, aquilo que é considerado perfeito não existe. Até porque perfeito é ser quem você é e não há uma fórmula igual para todos!

O movimento que explica bem a última frase leva o nome de body positive ou body positivity. Você pode ainda não ter ouvido muito sobre ele, mas garantimos que já sentiu os reflexos trazidos por essa luta.

Vista de frente de uma diversidade de mulheres usando underwear e posando para a foto. Mulheres gordas, pretas, ruivas e mais!

Ele mudou verdades absolutas, deu voz a quem não era ouvido, mostrou aqueles que não eram vistos e muito mais. Para dar ainda mais visibilidade ao termo, trouxemos um conteúdo exclusivo para falar desse movimento.

Neste guia sobre body positive, você entenderá o significado dessa luta, as mudanças que ela trouxe e maneiras de incluí-la. Boa leitura!

O que é o movimento body positive?

O movimento body positive (corpo positivo) tem o objetivo de fazer com que as pessoas aceitem o próprio corpo. Ele vai além do peso, incluindo também traços genéticos, cicatrizes, estrias, aspectos da idade, cor de pele e mais.

A origem do movimento surgiu em meados dos anos 1960 com a luta de direitos e aceitação do corpo gordo. Porém, o termo ganhou destaque apenas em 1996, quando o site The Body Positive foi lançado.

Nos últimos anos, o body positivity teve ainda mais visibilidade e espaço, sendo pauta em grandes canais de comunicação, principalmente, na internet.

Qual a importância da body positivity?

O movimento body positive contribui para que padrões estéticos sejam deixados de lado. Dessa forma, é possível devolver a autoestima tirada de forma tão cruel a pessoas que desde cedo escutaram ofensas horríveis sobre a própria aparência.

Como falamos anteriormente, essa luta ultrapassa peso e numeração de roupas. Ela traz à tona questões raciais, relacionadas a gênero, orientação sexual, dentre outras.

Vista de frente de uma diversidade de mulheres usando vestidos de couro em tons neutros. Mulheres gordas e magras de diferentes tons de pele.

Então, se eu sou uma mulher magra, posso também participar do movimento body positivity? Sim, você pode e deve! Afinal, o intuito é te fazer amar todos os detalhes do seu corpo, seja ele como for.

Quais os tipos de corpos femininos? Conheça todos eles!

Body positive — Conheça as mudanças que o movimento trouxe

O movimento body positive foi responsável por diversas mudanças no mercado. Dentre elas, temos:

  • Surgimento da moda plus size, onde roupas de tamanhos maiores começaram a ser confeccionadas em várias modelagens, estampas e mais;
  • Cosméticos para todas as cores e tipos de pele;
  • Produtos para cuidar de todos os tipos de cabelo;
  • Representatividade no momento de escolher os representantes de uma marca ou modelos para fotos.

Ao ler esses tópicos, pode até parecer algo simples ou que sempre existiu. Mas, na verdade, cada um deles tem um papel importante no encorajamento das pessoas para conseguirem ser quem realmente desejam.

Com o body positive eu não posso querer mudar meu corpo?

Engana-se quem acredita que o body positive obriga as pessoas a permanecerem com o mesmo corpo. Esse movimento mostra a importância de aceitar suas particularidades e entender que não existe padrão de corpo certo, logo, também não há problema em querer mudá-lo.

Ou seja, alguns detalhes podem sim te fazer diferente, mas não devem ser considerados defeitos a serem consertados.

Foto que representa a diversidade, com diversas modelos de diferentes cores e formatos de corpo em frente a um fundo branco

A partir do momento que essa aceitação ocorre, você amará cada característica que te faz ser quem é. Ou seja, se uma nova ruga, gordurinhas ou outros detalhes surgirem, será possível ter uma autoaceitação.

O que é plus size afinal? Conheça o termo a fundo!

Como entrar no movimento body positive?

Sabemos que na prática não é tão fácil deixar de lado os padrões de beleza impostos pela sociedade. Afinal, você, provavelmente, passou uma vida inteira tomando isso como verdade. Mas o importante é começar.

A primeira dica é tornar as suas redes sociais um local que acolha a sua essência. Ou seja, tente seguir apenas as pessoas que te representam ou tenham verdades parecidas com a sua.

Colagem de três imagens diferentes de corpos femininos mostrando partes que são consideradas imperfeições, como manchas na pele, celulite e estrias.

Por exemplo, se você veste 46 e segue influenciadoras que diariamente te fazem sentir mal por isso e criticam corpos parecidos com o seu, não será saudável mantê-las ali. Lembre-se, o seu bem-estar é a prioridade!

Outro passo importante no movimento body positive, é deixar de lado as constantes comparações. Você é um ser individual com o seu próprio tempo, certo? O que funciona para uma pessoa, pode não dar certo para outra.

Ah, claro, para facilitar a jornada e manter a saúde mental em dia, você pode fazer terapia, praticar exercícios físicos, encontrar um hobby e priorizar as atividades que te fazem bem!

Para finalizar, escolha marcas que façam parte do body positive, assim como a Predilect’s Plus. Além da loja de atacado, temos um blog para tratar de assuntos relacionados ao universo plus size, dar dicas, ideias de looks e muito mais. Vale a pena acompanhar!

O processo de aceitação pode ser longo, mas prometemos que vale muito a pena. Contem conosco durante a sua jornada, estamos aqui para auxiliá-lo!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

Política de Cookie: Revogar consentimento